2 de fev de 2011

horas de varanda

Eu quero uma varanda. Pode até ser metafórica mas eu quero uma varanda. Um lugar pra passar as horas longe de tudo, não precisa ser longe de todos já que uma varanda com boa companhia é ainda melhor. A melhor coisa do mundo é você passar horas numa varanda. Ah, as horas de varanda.
Meu ideal varandesco é um lugar sereno com som ambiente, seja de pássaros ou de engarrafamento, que não incomode. Que tenha algo pra que você possa repousar mas com algum movimento, uma cadeira de balanço, uma rede, um colo confortável. Tem que ter uma vista, não precisa ser bonita, basta ser interessante(será que ainda estou pensando em varandas?)
Quando era garoto eu não tive uma varanda. Tinha aquele pedaço de cimento entre a casa e o quintal mas que nunca seduziu como uma varanda deve seduzir. Anos depois, nesse apartamento aqui, teve o terraço, que é legal mas ainda, não é a varanda dos meus sonhos. Já tentei fazer de varanda algumas vezes mas ele não colabora, é maçante demais, só tem concreto e cinza em volta, concreto e cinza que eu vejo todos os dias nos últimos 20 anos. Definitivamente não serve.
Eu sinto mesmo falta de uma varanda. Se eu andasse de skate minha varanda seria uma rampa, um lugar pra se encontrar com os brothers, dar vários flips e impressionar as minas. Mas eu não ando de skate. O mais perto que eu tenho de varanda é um bar que a gente vai sempre. Mas aquilo ali não é uma varanda, e se alguém deitar na sua rede ou estragar a vista não há o que se fazer. Dá pra passar algumas horas ali mas sem vista e sem rede.
A praia. A vista é ótima, o mar dá a sensação de movimento, sempre tem vento fresco, dá pra abrir um livro, e durante boa parte do ano há pessoas semi-nuas desfilando. É a varanda perfeita. Mas eu não moro tão perto da praia pra poder fazer de varanda e tampouco tenho a paciência de algumas pessoas que passam mais de 1 hora em transporte público pra ir atrás de suas varandas.
Acho que é isso que todos nós buscamos na vida, nossas varandas. Quando o espaço permite e o dinheiro dá, a primeira coisa que a pessoa faz é uma piscina pra imitar o mar. Porque o mar transforma tudo em varanda. Até nos apartamentos mais luxuosos, as pessoas gostam de fingir que tem varandas, colocam umas cadeiras de praia, umas plantinhas, mas elas sabem, e nós também, que aquilo ali não é uma varanda.
Eu ainda não desisti de encontrar minha varanda, e você?

2 comentários:

  1. Por acaso caí aqui e por acaso tb estava pensando poucos minutos atrás sobre o desejo de mudar pra um ap com varanda.
    Seu texto só aumentou a vontade.

    ResponderExcluir
  2. Também não encontrei a minha ainda.

    ResponderExcluir