23 de mai de 2011

Joãozinhos

Quando você é criança, você quer uma coisa igual a que o Joãozinho tem. E tem que ser na hora. Tem gente que diz que isso é inveja, ciúme. E você cresce ouvindo que inveja e ciúme são coisas ruins.
Agora você é um adulto e não sente mais ciúme ou inveja. Aprendeu a lidar com esses sentimentos ruins de maneira racional e madura. Você está mais que preparado pra superar a vontade de pegar as coisas do Joãozinho.
Exceto que não está.
As vezes você, adulto e maduro, se pega imaginando loucuras pra tomar ela do Joãozinho. Porque na sua cabeça ela nunca foi do Joãozinho, e aquele invejoso tirou ela de você. Mas aí você descobre que o Joãozinho não roubou ela e na verdade nem existe um Joãozinho. Ela foi embora com as próprias pernas e você sabe porque. Mas pra aliviar a consciência sempre inventamos um Joãozinho imaginário, aquele calhorda que tirou ela de você...

Um comentário: