8 de mar de 2010

Paixões?

Já se pegou pensando em algo do tipo:
Eu gosto bastante de fotografia. Ah, se eu tivesse um câmera com lente intercambiável, diafragma que dá pra regular, que fale e que faça um cafézinho. Aí sim poderia me dedicar a minha paixão que é fotografia.  
Quero aprender a dançar bolero. É uma paixão de infância, lembro que minha mãe dançava muito bem e todos elogiavam. Se tivesse uma academia de dança aqui perto eu aprenderia com certeza.
Agora inverta o raciocínio. Será que se você em algum momento tivesse manifestado o interesse por isso que chama de paixão já não teria comprado a câmera que quer em função do hobby de fotografar?
Será que se você tivesse comprado uma câmera descartável pra tirar fotos de bobeira mesmo, assim como quem não quer nada, não teria se envolvido mais?
Quem diria que aquele atendente esquisitão que papeou com você quando você foi levar as fotos pra revelar, tinha em casa uma camera dessas encostada, uma que além de café faz um excelente capuccino de baunilha. E como ele gostou de você, ia te vender baratinho.
Poizé, quem manda não externar interesse nessa paixão? Corre atrás que você vai descobrir que paixão não corre. Nem de você, nem para você.
Aposto que aquela torcida pra nova vizinha, do outro lado do corredor, ser professora de bolero também não funcionou...

2 comentários:

  1. A frustração de não conseguir atingir seus objetivos manifestada da melhor forma possível, rá!

    ResponderExcluir
  2. eu ia fazer uma lista da sminhas paixões. mas acho q nao preciso, especialmente o Top 5.
    Sem mais.

    ResponderExcluir