26 de set de 2011

Gente confusa.

Sabe gente com semblante permanente de que tá perdida? Daquele tipo que entra numa sala e acha que entrou no lugar errado apesar da placa enorme indicando que ela está no lugar certo. Que acha que as pessoas vão perceber que não pertence àquele lugar, cai fora" e acabar enxotado dali por uma multidão com foices e tochas. Porque todos ali se conhecem, ela tem certeza. O de boné vermelho é padrinho do filho da de vestido amarelo, e a de saia rosa parece que foi no enterro da tia-avó da de saruel roxo(como ela teve coragem de sair de casa com isso?). O tipo que parece nunca se encaixar devido ao excesso de peculiaridade e acaba ser tornando em melancolia.
Pois eu tenho atração por essa gente confusa. Não sei qual é essa síndrome de querer consertar pessoas, só sei que eu tenho e é crônica, doutor.

Um comentário: